Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mercado de mineração no Brasil: saiba quais as principais tendências

O mercado de mineração no Brasil é responsável por movimentar bilhões de reais na economia brasileira todos os anos e tem papel fundamental no desenvolvimento de diversos outros setores produtivos, como a metalurgia e a construção civil.

Atualizado em

3 de agosto de 2022

Autor

Grupo Tracbel

Categoria

O mercado de mineração no Brasil é responsável por movimentar bilhões de reais na economia brasileira todos os anos e tem papel fundamental no desenvolvimento de diversos outros setores produtivos, como a metalurgia e a construção civil.

É possível compreender essa importância do setor ao analisar questões simples do dia a dia, como a utilização de equipamentos tecnológicos — a exemplo dos smartphones e dos computadores — feitos por meio de composições que levam vários tipos e classes de minérios.

Convidamos Marcos von Glehn, especialista em engenharia de aplicação da Tracbel, para contar, em detalhes, quais são as principais perspectivas e tendências do mercado de mineração. Além disso, vamos mostrar a você como se preparar para as novas demandas do setor. Confira!

Qual é a importância do mercado de mineração no Brasil?

O Brasil é um dos países com maiores áreas minerais do mundo, fornecendo matéria-prima para uma grande quantidade de outros segmentos em solo nacional e mundial. Essa capacidade produtiva coloca o país em posição competitiva no cenário global e viabiliza conexões comerciais que favorecem a economia como um todo.

A mineração abastece, por exemplo, os setores de metalurgia e siderurgia, que, por sua vez, são indispensáveis para as indústrias automobilísticas, de construção civil, logísticas, portuárias, entre outras.

Em uma análise mais profunda, é possível notar que cada área citada contribui para um segmento econômico do país, como exportação e comercialização externa e interna de produtos, fornecimento e acomodação adequada de insumos e abastecimento de matérias primas para as mais distintas funções, além da infraestrutura de todas as construções. Ou seja, a mineração está presente nos três setores da economia: primário, secundário e terciário.

Quais são os principais desafios da área e como superá-los?

Para Marcos von Glehn, existem três principais desafios no mercado de mineração. O primeiro deles diz respeito à necessidade imediata de pensar em soluções para a lavra de minérios que não impactem, ou impactem minimamente, o ecossistema. A atividade deve coexistir com o meio ambiente em total sinergia e sustentabilidade no longo prazo.

O segundo ponto traz à tona as barragens de rejeitos — que são sistemas utilizados para conter o material que não tinha mais valor mineral e que era desprezado, após o beneficiamento. Em geral, a maioria dos rejeitos possuem uma consistência lamosa, pois são compostos de água, terra e partículas de minerais de baixo teor.

Apesar de economicamente mais viáveis, as barragens tradicionais apresentam alguns riscos para a segurança de toda a mineração, já que elas podem romper e eliminar o rejeito que é tóxico.

Para mudar esse panorama, Marcos ressalta que é preciso pensar em alternativas para lidar com essa questão crítica em curto prazo, como otimizar os processos atuais ou encontrar outras destinações para os materiais residuais. Veja algumas das possibilidades:

  • empilhamento de rejeitos a seco — nesse sistema, a parte líquida da composição é filtrada e renovada por meio de soluções e equipamentos específicos, e o que resta é um montante de rejeitos secos, que não apresentam perigo ambiental em seu armazenamento;
  • aproveitamento de resíduos — o que, antes, era descartado torna-se matéria-prima de grande utilidade, após receber um beneficiamento mais eficiente, que geram menos rejeitos.

Por fim, o terceiro desafio apontado pelo especialista é encontrar maneiras de aumentar a produtividade em termos de mineração — objetivando estabelecer o Brasil cada vez mais como potência no setor —, atendendo, ao mesmo tempo, aos outros pontos de atenção, citados anteriormente.

O uso de softwares avançados de controle e os equipamentos inovadores, mais eficientes energeticamente e menos poluentes, além da elaboração de sistemas operacionais sustentáveis, são as chaves para superar esses entraves técnicos, econômicos, estruturais e sociais.

Quais são as principais tendências do setor de mineração?

A preocupação com os impactos ambientais e com a sustentabilidade das ações produtivas é uma tendência que não é exclusividade do setor de mineração. Os segmentos estão em busca de soluções sustentáveis para suas operações, o que agrega valor aos seus produtos e à empresa de forma geral.

É o caso de fabricantes de equipamentos, como a Volvo, que apostam cada vez mais em alinhar a eficiência de seus produtos com o uso de energias de fontes renováveis, por exemplo. Aliás, a Volvo CE também aposta em tecnologia — já que esse é outro grande fator de relevância nesse cenário. A empresa investe em softwares de gestão das etapas da mineração, como o gerenciamento das carregadeiras e das escavadeiras.

A tecnologia também é tendência para a criação de softwares avançados de gestão dos sistemas de beneficiamento, o controle mais rígido das barragens e a análise de solos, assim como para o desenvolvimento de máquinas pesadas específicas para as operações.

Um exemplo são os equipamentos operados por controle remoto ou tele operações como são conhecidos, ideais para trabalhos em áreas de risco, como nas barragens que estão em processo de descomissionamento (remoção dos rejeitos com reprocessamento e geração de resíduos sólidos), por questões de segurança. Segundo Marcos von Glehn, essa tecnologia permite que máquinas sejam tele operadas em áreas críticas, sem a presença física do operador no equipamento.

Outra tendência do setor de mineração envolve a utilização dada às áreas que foram mineiradas. As empresas devem estar cada vez mais engajadas com o propósito de revitalizar os locais onde operaram, convertendo os espaços em ambientes recreativos e úteis para a sociedade.

Como se preparar para as novas demandas da mineração?

Para Marcos von Glehn, é preciso pensar em estratégias e soluções inovadoras para tornar as operações das mineradoras viáveis e, ao mesmo tempo, adequadas às demandas globais. As ações precisam ser rentáveis, mas devem causar pouco ou nenhum impacto ambiental.

Essa tarefa exige a parceria com empresas empenhadas em atingir esses mesmos propósitos, como é o caso da Tracbel. Com mais de 50 anos de experiência em prover soluções em equipamentos e máquinas pesadas para os setores de construção civil, florestal, de mineração, entre outros, somos especialistas em fornecer produtos e soluções de alta qualidade para nossos clientes.

São máquinas fabricadas pelas marcas líderes do mercado, como a Volvo, a condições acessíveis e que são ideais para acompanhar as tendências de inúmeros segmentos produtivos, como o mercado de mineração no Brasil.

Além disso, nosso suporte técnico e pós-venda são diferenciados, pois entendemos que as operações de nossos parceiros precisam da alta disponibilidade de equipamentos e de fornecedores que sejam capazes de suprir essa necessidade.

Agora que você já sabe como é importante contar com fornecedores de máquinas pesadas de confiança, aproveite para conhecer nossos produtos!

Você também vai gostar

Bem-vindo ao novo site do Grupo Tracbel

Clique e escolha uma das opções abaixo:

Compre com segurança e comodidade