Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Como fazer a gestão de custos logísticos? Entenda o que é mais importante

A logística se tornou um forte diferencial competitivo. A gestão de custos logísticos é capaz de conferir maior agilidade às operações de uma empresa.

Atualizado em

22 de dezembro de 2023

Autor

Grupo Tracbel

Categoria

A logística se tornou um forte diferencial competitivo. A gestão de custos logísticos é capaz de conferir maior agilidade às operações de uma empresa, segurança para os profissionais e uma redução de custos em médio e longo prazo. É esse tipo de organização que ajuda as empresas a enfrentar desafios relacionados à baixa produtividade e falhas de máquinas.

Para saber mais sobre gestão de custos logísticos e como colocá-la em prática, continue a leitura e confira as nossas dicas.

O que é gestão de custos logísticos?

A gestão de custos logísticos se refere à organização das despesas relacionadas à aquisição, movimentação, armazenamento e entrega de produtos.

O objetivo de uma gestão de custos logísticos vai além de fazer o produto chegar ao consumidor. Os responsáveis por esse processo precisam tomar decisões sobre como utilizar melhor os recursos financeiros da empresa e, claro, garantir economia em todas as etapas da logística.

É um tipo de gestão útil para empresas de todos os setores, como o setor portuário, retroportuário e siderúrgico.

Como fazer a gestão de custos logísticos na operação?

Quem trabalha no setor logístico sabe o quanto as operações de armazenagem, movimentação produto e transporte podem exigir custos e tempo. Apesar disso, todas essas etapas são indispensáveis dentro de uma operação. Veja algumas ações que devem ser consideradas para uma boa gestão.

Considerar os custos de aquisição

Os custos de aquisição incluem as compras de matérias-primas e outros insumos necessários para produzir os bens entregues ao consumidor.

Com a falta de recursos ou procedimentos de compras inadequados, todo o processo de produção e distribuição da empresa pode ser impactado.

Investir no armazenamento de produtos

O estoque é outro dos principais custos logísticos. Os gastos com estocagem de produtos podem ser altos e, sem uma boa gestão de estoque, a empresa pode ter problemas financeiros nesse requisito.

Para evitar qualquer adversidade, é importante considerar no orçamento todos os custos associados às instalações de armazenamento, seja uma pequena sala ou um grande armazém, um seguro e até a manutenção para evitar perdas de produtos.

Encontrar um equilíbrio entre embalagem e outras despesas logísticas

Ao enviar mercadorias para áreas distantes ou quando os itens são frágeis e precisam de proteção para chegar ao destino sem danos, a embalagem se mostra importante.

Além de garantir a integridade do produto, outros fatores devem ser levados em consideração, como o excesso de plástico, que pode prejudicar a imagem da sua marca. Encontrar um equilíbrio entre despesas de embalagem, valor de vendas para o cliente e efeitos ambientais deve ser uma das prioridades da gestão de custos logísticos.

Adaptar o transporte à logística da empresa

Os custos logísticos de transporte estão relacionados com a distribuição dos produtos. Essas despesas envolvem combustível, pedágios, contratação de motoristas ou empresa parceira, manutenção de máquinas etc.

Os custos com transporte podem variar dependendo da distância, da quantidade e do tipo de carga, do veículo utilizado e até da rota escolhida.

Garantir todas as condições para a mão de obra

O componente final dos custos logísticos são as pessoas que atuam na empresa. Pense, por exemplo, em salários, férias, licenças e benefícios. Todos esses valores, em última análise, afetam o quanto uma empresa cobra de seus clientes pelos produtos que recebem.

Como as empilhadeiras beneficiam a gestão de custos logísticos?

A movimentação do estoque se torna muito mais ágil com a utilização de empilhadeiras. O uso dessa máquina permite o acesso rápido e direto ao estoque e a melhor utilização dos espaços de armazenamento da empresa.

Com a empilhadeira ideal para cada tipo de demanda, é possível otimizar o fluxo de trabalho e, no médio e longo prazo, gerar uma economia de recursos. Abaixo, entenda melhor as vantagens de utilizar a empilhadeira na logística da sua empresa.

Produtividade dos profissionais

A operação com empilhadeiras garante que uma quantidade grande de funcionários não precise se deslocar para realizar uma mesma função. Enquanto a empilhadeira faz o trabalho pesado, os funcionários entregam um trabalho técnico.

Cada profissional pode exercer sua própria função e entregar a agilidade que uma empresa logística precisa na sua rotina.

Diminuição do descarte de materiais

Independentemente do modelo, a empilhadeira torna a rotina e a gestão de materiais muito mais produtiva. Imagine quanto tempo levaria para organizar um estoque de alimentos de forma manual, sem nenhum tipo de erro ou desperdício?

Com as empilhadeiras, é possível transportar cargas em diferentes quantidades e ter a certeza de um ambiente organizado, com o mínimo de desperdícios ou avaria.

Segurança no ambiente de trabalho

A diminuição do trabalho braçal, por conta do uso das empilhadeiras, permite que os funcionários fiquem menos expostos a riscos. Contudo, é importante que todos respeitem os limites de uso de cada empilhadeira e dos outros equipamentos pesados para que o nível de segurança se mantenha dentro do desejado.

Redução de pegada ambiental

Quando a empresa usa uma empilhadeira elétrica na sua operação, ela passa a investir em uma vantagem competitiva frente ao aumento rotineiro do uso de combustíveis, além de proteger a natureza da poluição ambiental.

Afinal, as empilhadeiras elétricas são movidas por um motor elétrico. Isso promove menores níveis de poluição e menos gastos com gasolina, por exemplo.

Como otimizar o uso da empilhadeira na operação logística?

A fim de que a empilhadeira contribua para os resultados da empresa, é importante escolher a máquina ideal para cada demanda.

Um levantamento detalhado pode ser útil para verificar fatores técnicos, como o tamanho da operação e os pesos das cargas. Considerando a capacidade ideal das máquinas, você pode optar por diferentes empilhadeiras da linha elétrica Kalmar, da Tracbel: Medium Forklift, Heavy Forklift e Super Heavy Forklift.

Como vimos, a gestão de custos logísticos envolve várias etapas, e um grande investimento para a eficiência desse processo é o uso de empilhadeiras. Essas máquinas ajudam a aumentar a produtividade dos funcionários, reduzem o risco de acidentes e otimizam as etapas de carregamento e descarregamento.

Você também vai gostar

Bem-vindo ao novo site do Grupo Tracbel

Clique e escolha uma das opções abaixo:

Compre com segurança e comodidade