Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Quais cuidados para garantir segurança no trânsito? Veja!

Saiba como garantir segurança no trânsito a fim de evitar ocorrências de trânsito. Acesse agora!

Atualizado em

23 de janeiro de 2024

Autor

Grupo Tracbel

Categoria

Encarar as rodovias de forma consciente e econômica é indispensável para quem trabalha com transporte de cargas, o que evidencia a necessidade de garantir segurança no trânsito a fim de evitar ocorrências.

Para você ter ideia da importância disso, uma pesquisa realizada pelo Ministério Público do Trabalho mostrou que 90% dos acidentes fatais com motoristas de caminhão ocorrem devido à falha humana. Felizmente, essa estatística pode ser reduzida com algumas práticas de prevenção para proteger sua frota, seus condutores e terceiros que circulam e dirigem pelas vias. Mas quais cuidados devem ser tomados?

Pensando nessa demanda, elaboramos este material. No decorrer do texto, você encontrará o que precisa ser feito para garantir segurança no trânsito. Confira!

Segurança no trânsito: Fique de olho nos sinais de cansaço

Sempre é bom reforçar que as pessoas não são máquinas. Ainda que os prazos sejam apertados e as grandes distâncias “forcem” o caminhoneiro a dirigir sem grandes interrupções, o seu organismo não pode ser desrespeitado. É mais vantajoso atrasar o percurso do que se arriscar por teimar em dirigir exausto. Lembre-se que seus familiares aguardam seu retorno para casa — são e salvo.

Levando em conta nosso relógio biológico, atravessar a noite em claro não é tão simples, pois você modifica os horários do seu corpo, gastando mais energia para mantê-lo ativo. O período noturno é naturalmente utilizado para nos recuperarmos, por isso o cansaço nesse período é mais intenso.

Tenha uma alimentação saudável (rica em frutas, fibras e vegetais), beba muita água e tenha momentos de descanso durante o dia. Não consuma estimulantes, eles podem lesionar seu cérebro no longo prazo. E se sentir sono, encoste o caminhão em um local seguro, movimentado e durma.

Cuidado com pessoas que pedem caronas

Em um passado recente, a prática de pegar caronas era bastante comum. Hoje, no entanto, essa não é uma atitude segura para o caminhoneiro. Não tem como saber as reais intenções de passageiros estranhos, por isso evite andar com desconhecidos na sua cabine.

Muitos criminosos apostam nas rodovias para cometer suas transgressões. Um motorista que dá carona para esse tipo de pessoa pode correr o risco de ser cúmplice de um crime, ser acusado de tráfico ou sofrer um assalto à mão armada.

Então, ao ver sinais na estrada, não pare o veículo de modo algum. Se você notar que alguém precisa de ajuda, acione a Polícia Rodoviária Federal (191) e relate o ocorrido. Eles prestarão ajuda e você ficará longe de qualquer problema.

Segurança no trânsito: Mantenha a manutenção do veículo em dia

Ninguém quer vivenciar uma pane mecânica ao encarar a estrada. Para diminuir esse risco, as revisões do caminhão precisam seguir o cronograma. Providencie sempre a manutenções preventiva e preditiva para solucionar qualquer falha de forma imediata. Afinal de contas, coisas simples que não são consertadas a tempo podem causar dores de cabeça depois.

Inspecione componentes de segurança do veículo (buzina, cinto de segurança, espelhos retrovisores, kit de emergência, luzes e limpador de para-brisa). Por fim, calibre os pneus com a pressão recomendada pelo manual do proprietário, verifique os estepes e observe os níveis de água, óleo e combustível.

Dirija em velocidade controlada

Caminhões são pesados e têm mobilidade limitada, o que prejudica a direção em altas velocidades. Embora algumas vias permitam correr mais, pisar fundo no acelerador, especialmente à noite ou em dias de chuva, é expor a riscos que não valem a pena. O ideal é se planejar para chegar ao destino com segurança do que sofrer um acidente grave.

Prossiga em uma velocidade equilibrada que não comprometa a sua dirigibilidade. Além do risco de causar tragédias no trânsito, a mercadoria transportada pode sofrer com os impactos, causando prejuízos para a transportadora.

Tenha cautela em trechos urbanos

Em alguns momentos do percurso você terá de transitar por trechos urbanos. Nessas áreas, redobre sua atenção, pois o fluxo de pessoas e carros é grande.

Uma condição constante na rotina dos caminhoneiros é ter de mudar o caminho porque o veículo não consegue passar por ruas estreitas ou viadutos, correndo o risco de ficar preso em determinados locais.

Isso pode ser evitado com um simples planejamento de rotas. Tente roteirizar suas operações de carga e descarga para não se deparar com situações desse tipo. O GPS do celular é muito útil nesses momentos. Esse recurso informa os melhores trajetos e também mostra os locais mais movimentados, com acidentes e congestionamentos — é ótimo para planejar viagens, fugir de imprevistos e ter mais segurança no trânsito. 

Não use o celular enquanto dirige

Muitos acidentes ocorrem por causa do uso do celular no volante. É claro que não se trata de impedir o uso do aparelho pelos caminhoneiros, mas ele precisa ser evitado quando o veículo estiver em movimento.

É óbvio que o smartphone é útil para diversas coisas, inclusive para quem trabalha na estrada. A possibilidade de enviar mensagens, fazer ligações e o GPS integrado provam isso. Mas ele também distrai e prejudica o foco e a concentração do motorista.

O mal uso desse dispositivo aumenta muito as chances de acidentes. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) aprova a utilização em momentos específicos, como:

  • quando o motor está desligado;
  • quando o veículo está parado;
  • quando está funcionando como GPS, desde que esteja em um suporte no para-brisa ou no painel.

A constituição diz que a multa para quem é flagrado falando no celular enquanto dirige é gravíssima. Guiar com somente uma mão no volante gera sete pontos na CNH.

Só pegue a pista se estiver bem e use o cinto de segurança

Alimentação desregulada, consumo de álcool e problemas de saúde comprometem a segurança no trânsito. É preciso incentivar os condutores de sua frota a dirigir apenas se estiverem com a saúde mental e corporal em dia.

Também vale falar sobre o cinto de segurança, pois em casos como frenagens bruscas ou batidas, ele faz com que você não bata a cabeça, ou seja, arremessado para fora da cabine. Trata-se de um recurso simples que diminui a gravidade dos ferimentos.

Se o caminhão colidir em um muro a 60km/h, por exemplo, o efeito é semelhante à queda de uma altura de 15 metros. Mesmo que ele esteja a 20km/h, o impacto pode lesionar o corpo por conta do peso elevado do veículo, o que mostra a importância de promover a conscientização sobre o uso frequente do cinto.

E então, o que achou dos cuidados que os caminhoneiros devem ter para garantir a segurança no trânsito? Se você e sua equipe investirem em uma vida saudável e colocarem essas recomendações em prática durante as viagens, evitarão acidentes e cumprirão as operações dentro do prazo e sem prejuízos.

Achou este artigo interessante e quer acompanhar as novidades do nosso blog? Então, siga nossas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn.

Você também vai gostar

Bem-vindo ao novo site do Grupo Tracbel

Clique e escolha uma das opções abaixo:

Compre com segurança e comodidade