Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Máquinas para Cimenteiras e Concreteiras | Conheça os modelos ideais

Procurando máquinas para cimenteiras e concreteiras? Saiba quais são os modelos de equipamento ideiais para esses segmentos.

Atualizado em

19 de maio de 2023

Autor

Grupo Tracbel

Categoria

Procurando máquinas para cimenteiras e concreteiras? Saiba quais são os modelos de equipamento ideiais para esses segmentos.

O crescimento de trabalhos de construção civil nas últimas décadas fez com que o cimento e o concreto se tornassem dois dos materiais mais consumidos do mundo. Sobretudo em obras de habitação e infraestrutura. Eles estão presentes em quase todas as obras, desde as mais simples — como residências — até as mais complexas — como usinas hidrelétricas.

Os projetos do segmento de cimenteiras e concreteiras demandam a atuação de profissionais altamente qualificados e o uso de máquinas de qualidade. Esses dois requisitos são imprescindíveis, pois contribuem para que o trabalho seja feito com qualidade, segurança e alta produtividade.

Para você saber quais são as máquinas para cimenteiras e concreteiras, convidamos o especialista de Engenharia de Aplicação da Tracbel, Marcos von Glehn. Ele trouxe as principais informações sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

Quais são os processos executados no segmento de cimenteiras e concreteiras?

As cimenteiras são polos industriais em que as rochas calcárias são transformadas em cimento. Após as rochas serem extraídas ou adquiridas de terceiros, elas são moídas. Depois, recebem insumos, são homogeneizadas e transformadas em clínquer granulado a partir do uso de fornos rotativos. A mistura recebe outros insumos, como gesso, pozolana e escória, é novamente moída e armazenada em grandes silos. Por fim, comercializada em sacos ou a granel como cimento.

Já as concreteiras são centrais dosadoras de concreto. Nessas instalações, o cimento recebe agregados, como brita, areia, água, entre outros, formando uma mistura homogênea chamada de concreto usinado. Posteriormente, o produto é transportado por caminhões betoneiras até as obras e aplicado em diferentes estruturas, como em blocos, lajes, vigas, colunas e pavimentos.

Qual a importância de máquinas de qualidade?

Um fator muito importante nas usinas de cimento e concreto são os equipamentos e máquinas utilizados no trabalho. Isso porque eles são imprescindíveis para que as atividades do segmento sejam realizadas de maneira adequada, como durante a extração e o transporte dos materiais.

“Nos dois processos, é necessário ter foco na qualidade e alta durabilidade das máquinas. Quando um dos processos é interrompido, a cadeia de fornecimento pode ser quebrada ou dificultada, gerando perdas e altos custos”, destaca Marcos von Glehn.

Máquinas para cimenteiras e concreteiras | Quais os modelos ideais para esses segmentos?

Após entender a importância de adquirir máquinas de qualidade para cimenteiras e concreteiras, confira, a seguir, os principais modelos utilizados no segmento.

1. Carregadeiras

As carregadeiras têm como principal função fazer o carregamento de caminhões. Para isso, elas são equipadas com uma caçamba em sua parte dianteira, que permite realizar o carregamento.

Nos trabalhos em cimenteiras, as carregadeiras são utilizadas para carregar caminhões rodoviários, fora de estrada e ou articulados com rocha e outras matérias-primas. Já as carregadeiras são empregadas em instalações de britagem e homogeneização, sendo um equipamento de grande porte.

“Carregadeiras Volvo L110F, L120F, L150H, L180H e L260H são as mais comuns para uma produção de alta confiabilidade nas cimenteiras”, explica o especialista de Engenharia de Aplicação.

Nas concreteiras, por sua vez, a máquina é responsável por fazer a alimentação dos silos. Nesse caso, os equipamentos de médio e pequeno porte são os mais utilizados. Vai variar conforme a produtividade de cada usina de concreto, que pode ser limitada devido à grande variação dos pedidos dos clientes finais.

“Equipamentos menores, como as carregadeiras Volvo L60F e L70F, são as mais comercializadas para concreteiras, pois são versáteis, confiáveis e rápidas oferecendo produtividade na medida necessária para a maior parte das usinas de concreto hoje operando no Brasil”, conta Marcos von Glehn.

2. Escavadeiras

Outra máquina presente em polos de cimenteiras e concreteiras é a escavadeira, utilizada no pé de rocha para o carregamento dos caminhões de rodoviários, fora de estrada e ou articulados. As Escavadeiras trabalham muito bem na escavação de materiais muito rígidos e de difícil penetração oferecendo uma ótima relação entre produtividade e custo-benefício.

Assim como as carregadeiras, as escavadeiras também são empregadas em cimenteiras para carregar na frente da rocha caminhões rodoviários, fora de estrada e articulados. As Escavadeiras possuem altas forças de escavação em sua caçamba e uma agilidade inigualável, porém devem ser utilizadas buscando menores deslocamentos, pois seu sistema de movimentação sobre esteiras metálicas é mais lento e oneroso que as Carregadeiras, em situações de deslocamentos longos, deve ser avaliado o transporte em pranchas ou outros sistemas, pois nestas condições as escavadeiras podem aumentar o custo do material rodante sensivelmente.

Entre os modelos mais utilizados em cimenteiras e concreteiras, segundo o profissional da Tracbel, estão as escavadeiras Volvo EC250D, EC380D, EC480D e EC750D.

3. Caminhões

Muito utilizados no transporte interno de rocha até as instalações de britagem e também no pós beneficiamento, seja ele para a indústria cimenteira ou para a distribuição do concreto.

Os caminhões rodoviários basculantes Volvo VM, FMX e FMX Max, como os caminhões fora de estrada Volvo R60E, R70D e R100E, bem como os articulados Volvo A30G e A45G são utilizados entre o pé de rocha e a britagem.

O modelo depende muito da produtividade de cada local onde devem ser considerados as condições de pista, distâncias de transporte, durabilidade do projeto, disponibilidade de mão de obra e investimento previsto.

“Na linha de concreteiras, também há uma vasta utilização de caminhões rodoviários na operação de transporte do tipo caminhão betoneira. Eles variam conforme o foco e produtividade de cada concreteira. Os mais vistos são os rodoviários Volvo VM e FH12, nas configurações 6×2, 6×4 e 8×4”, revela Marcos von Glehn.

Como escolher a máquina ideal?

O especialista de Engenharia de Aplicação explica que existem sete itens principais a serem analisados ao escolher uma máquina pesada para projetos de cimenteiras e concreteiras. Dependendo das características, é importante escolher entre equipamentos de pequeno, médio e grande porte. Veja os três aspectos a considerar:

  • produção requerida;
  • material a ser manuseado, como calcário detonado, argila, brita, areia, entre outros;
  • tipo de carregamento, que pode ser de carga e transporte ou somente de carga;
  • tipo de pavimento e distância a percorrer dos equipamentos de transporte;
  • durabilidade do projeto avaliando a renovação parcial ou total da frota periodicamente;
  • CAPEX e ou investimento inicial para aquisição da frota;
  • OPEX e ou investimento ao longo dos anos considerando todos os custos de propriedade, operação, manutenção e renovação.

Na hora de escolher máquinas para cimenteiras e concreteiras, ter um parceiro para ajudar nesse processo é essencial. Isso porque a expertise de um parceiro na escolha do modal, porte e configuração dos equipamentos geram maior produtividade e, consequentemente, lucratividade.

Se você quer um parceiro que ofereça uma solução completa, evitando escolhas equivocadas e custos de retrabalhos ou inadequações no futuro, saiba que a Tracbel pode ajudar você.

“A empresa tem uma grande equipe de consultores experientes e suportados por um time de engenheiros de aplicação especializados. Eles trocam informações e alinham especificações constantemente”, detalha Marcos von Glehn.

A Tracbel oferece uma solução completa, em que o cliente pode focar na produção, sem precisar lidar com questões relacionados às máquinas. Isso acontece devido às ações de pré-venda, realizadas pelo corpo de engenheiros e técnicos, e de pós-venda, que contam com engenheiros, técnicos e mecânicos.

Para conhecer os modelos de máquinas comercializadas pela Tracbel, acesse a nossa página. Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar suas próximas obras!

Você também vai gostar

Bem-vindo ao novo site do Grupo Tracbel

Clique e escolha uma das opções abaixo:

Compre com segurança e comodidade